#Do they know it's Christmas?

terça-feira, dezembro 23, 2014


O Natal na minha casa nunca foi uma festa esfuziante. Os meus pais não apreciam muito as comemorações tradicionais desta época, cada um por razões próprias. Nunca nos empenhámos muito com as habituais decorações da casa nem nunca nos esforçámos por estarmos rodeados de gente. Sempre que me recordo de uma ceia de Natal, recordo-me de jantares intimistas, quase iguais aos do dia a dia. Ao longo do tempo fomos assistindo ao aparecimento de mais lugares vazios na mesa e ao desaparecimento de personagens fundamentais... restando apenas alguns sobreviventes para contar a(s) estória(s). 

É claro que há um lugar para mim e custa-me muito deixá-lo vazio. Este Natal será o segundo que passo fora de casa e é claro que me dilacera, afinal de contas, gente feliz com lágrimas, não é gente totalmente feliz se não estiver perto de casa. Da primeira vez que passei o Natal em Lisboa jurei a mim própria que não voltaria a passar pelo mesmo, mas 2014 quis de facto ser mais obstinado do que eu [mas atenção: eu vergo, mas não quebro, continuem a testar as minhas forças]. 

Uma das coisas que os 30 trazem é um novo significado aos nomes próprios e família torna-se um dos substantivos com mais peso nas nossas vidas... é por isso que me custa idealizar o Natal sem a minha por perto. Ainda que sejamos apenas sobreviventes, sobrevivemos melhor quando estamos uns perto dos outros. Estou segura de que este Natal não será recordado com muita alegria, mas tenho a certeza que daqui em diante serei [muito] mais forte porque aquilo que não nos mata... engrandece-nos. 

Então, estejam onde estiverem, espero que este Natal seja realmente o Natal com o qual vocês sempre sonharam, e não faz mal que o Natal com o qual vocês sempre sonharam seja um Natal a 4, pequeno, solitário, mas convicto. Tenho a certeza de que é a convicção que nos ensina a sobreviver e quem a tem não morre na praia. Divirtam-se. Amem-se. Perdoem-se. E reclamem sempre por aquilo que merecem. Sejam genuínos. Autênticos. E acima de tudo, destemidos. A todos vocês que seguem o CC, uns mais do que outros, Feliz Natal. À vossa medida, na medida do que vocês quiserem.

 Merry Christmas! Pinterest // Instagram // Facebook // Twitter
[photo credits: ccstylebook]

Deixe um comentário

1 comments