Diz que é uma espécie de vocabulário

sexta-feira, março 27, 2015

Passar algum tempo em casa, [leia-se Açores], provoca danos irreversíveis no meu bom português. A partir de agora, qualquer semelhança fonética com as seguintes expressões não será certamente [pura] coincidência.

"É uome" [é homem] as minhas férias tão a acabá... apetece-me "guindar" [atirar] tudo ao ar! "Estou bem amanhada!" [estou num sarilho]. Era mesmo só mais uma "nesga" [um pouco]. Não estou com muito vontade de "arreganhar" [mostrar os dentes] àquela gente do continente. Aquilo é o "demoino" [mau]. Tem umas coisas "requinhas" [giras], mas também tem muita gente "rebenditeira" [vingativa]. Às vezes apetece-me metê-lhes os "gadanhos" [mãos] bem à volta do pescoço! Estes dias foram "poderios" [muito] de bons, mas agora tá na hora do "pega direito" [desaparecer]. Custa a acreditá, mas é "meme de veras" [a sério]. Agora é passá "fominha negra" [muita fome], jantá papo-secos [carcaças] ... e dá de caras com "pencas" [narizes] torcidas todos os dias! "Tão muito mal enganados" [enganam-se redondamente]... é chatearem-me muito que eu vou-lhes à "cramalheira" [queixo]  e às "gadelhas" [cabelos]. Vou precisá de muita "água de arroto" [água das pedras] e poderios de paciência se não ainda me dá um "rár ataque" [ataque do coração]... Isto na tem "tafulho" [solução], mas já minha avó dizia, "gente tola e toiros, paredes altas".

                                            Pinterest // Instagram // Facebook // Twitter

Deixe um comentário

2 comments

  1. Tão engraçado como todos somos tão diferentes no "linguajá" e tão parecidos com os nossos quando o assunto é "casa". Adoro!
    Beijinhos CC!

    http://cleniadaniel.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Muito bom.
    Boa viagem.
    Beijinho

    ResponderEliminar