#Estou pronta para ser repatriada

terça-feira, março 31, 2015

O primeiro avião da Tap avariou [graças a Deus, nosso Senhor, que ainda estava em terra!]. Voo cancelado. O segundo avião saiu da Terceira com uma hora de atraso [podia ter sido pior...12 anos de viagens em cima do lombo não abonam muito a favor da Tap]. Cheguei a Lisboa eram 2 da manhã. Jantei um pão com chouriço que o J me comprou na Merendeira da 24 de Julho. Hoje acordei às 8:30. Cheguei a casa agora. Atropelei a mala de viagem que ficou de ontem para hoje no meio da cozinha [e por aí há-de continuar até eu ter forças para a desfazer]. Tenho pertencentes espalhados pelos 30m2 da minha petite maison [o mais difícil mesmo é encontrar o par de cada meia]. O frigorífico está vazio. Jantei morangos. O homem já foi para a sua morada, lá no campo. Fiquei sozinha na cidade. Estou K.O [e amargurada q.b]. Se não for pedir muito, podem repatriar-me sff?! Enquanto isso vou empinando a garrafa de Favaíto que restou do Natal... Dias não são dias.

                                                    Pinterest // Instagram // Facebook // Twitter

Deixe um comentário

2 comments