#Kima Maracujá Gourmet

domingo, março 29, 2015


«À mesa de um restaurante na ilha de São Miguel, serviam-se queijos da região e cataplana de peixe. Um menu banal para os açorianos, mas exótico para Konstantin Kazban, pouco habituado a tanta variedade nas ementas de São Petersburgo. O empresário russo, de 44 anos, estava de férias mas não conseguia abstrair-se do potencial de negócio do refrigerante de maracujá que lhe serviam nos Açores. Primeiro fixou-se no rótulo da garrafinha verde: tinha ingredientes naturais? Sim. Depois deu o primeiro golo: a acidez e o açúcar estavam na medida certa? Nem mais. Teve uma ideia: que tal convertê-lo num produto gourmet? Até o nome soava vagamente a russo! 


Chama-se Kima e é uma bebida típica produzida pela Melo Abreu – fábrica de cerveja a funcionar em Ponta Delgada desde 1893. Nas ilhas, é a antítese do conceito gourmet. Vende-se em qualquer tasca ou café, a cerca de 50 cêntimos a garrafa pequena, e tem um consumo tão vulgar quanto a bica no continente. Este mês chega a São Petersburgo o primeiro contentor, por via marítima, com 13 mil litros de Kima, em garrafas de um litro, 0,25 l e 0,33 l. Entre 15 e 18 de Setembro, o refrigerante voltará a ter destaque na feira de alimentos de Moscovo, a World Food Moscow

Parece-me muito bem. Kima Maracujá com vodka russa deve ser de alucinar!
     Pinterest // Instagram // Facebook // Twitter
[fonte: via

Deixe um comentário

1 comments