It's great... you know

terça-feira, fevereiro 14, 2017

Corre por aí um sururu, (até à data por confirmar), que o actual presidente dos Estados Unidos quer comprar a Terceira. [sim, a ilha]. Diz que a oferta está entre os 20 e os 45 mil milhões de euros, dependendo da zona marítima incluída. Isto de comprar ilhas (e oferecer ilhas) parece que está na moda. Há um excêntrico português que já o fez. O próprio do Cristiano Ronaldo (e o felizardo do Jorge Mendes, empresário do jogador, que recebeu uma ilha grega privada como oferta de casamento). Há fulanos com sorte.

Então, a ser verdade esta falsa-notícia (anedótica), Donald Trump lembrou-se, por usucapião, que a Terceira lhe pertencia. Sim. Ele não está interessado apenas na base das Lajes. Ele quer a ilha toda. Eu até apostava que a ideia dele fosse aproveitar terreno para fazer o closet da Melania, mas... ninguém do mundo da(s) moda(s) quer vestir a primeira dama americana. What a shame. A base das Lajes é assim um caso bicudo de se resolver. Todos a querem. [mas ninguém sabe muito bem para quê, ou sabem mas...não o revelam]. A possibilidade de fazermos parte da América, assim tipo uma Cuba ao largo de Miami, é interessante... na medida em que fazendo parte dos States nós não teríamos de pagar portes de envio dos produtos que comprássemos (nem teríamos de esperar que os mesmos fossem libertados pela alfândega). Win-win.

Mas... a coisa complica. Diz que os chineses também andam ao barulho. E também andam interessados na base militar. Não sei se ria não sei se chore. Com os americanos nós estaríamos, sem dúvida, mais enturmados. Fatos treino e barrigas grandes. Done. Com os chineses não sei... A gente não é de andar com os olhos meios fechados nem gosta lá muito de comer pato. É mais alcatras. Levaríamos mais tempo para nos sentirmos em casa. [efectivamente]. Melhor, melhor era a gente não ser de ninguém. Nem mesmo de Portugal. É isso. Eu voto na independência. (já que a autonomia, para os açorianos, vale o que vale).

A base das Lajes será sempre um pedaço de terra muito disputado. E muito conveniente. Conhecem aquele ditado popular americano que diz qualquer coisa como isto: once you go (...) you never come back?! É mais ou menos o que as Lajes representam. Uma minoria racial de que muitos se esqueceram, mas... que todos adoram. [é. há coisas difíceis de olvidar]. Anda cá Trump. As Briandas Pereira da ilha estão prontas para soltar os touros e mandar-te de volta para casa. (sim, nos Açores, as mulheres não brincam em serviço). 

Terceira first. America second.

Deixe um comentário

2 comments

  1. Ahahahaha!
    Terceira first, America second.
    Pergunto-me se ele imagina onde ficam os Açores.
    Provavelmente sabe, mas não imagina com que se mete, certo?
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Venha ele... se vier. Não nos mete medo.
      Beijinho Maria :P

      Eliminar